Júlio de Ló Blog


Irritado

Irritação. Um sentimento que irrita. E esse é o problema, pois ao perceber que está irritado, você se irrita ainda mais. É uma bola de neve. E essa expressão é ridícula – bola de neve – nunca vi neve, se vi foi em filme ou em outro país – bola de neve – aqui é Brasil, se eu morasse na Groelândia, tudo bem – bola de neve – quem usa este termo, será que pensa mesmo que está com a bola toda ou é a bola da vez? Até entendo usar a palavra bola, afinal, Brasil, futebol, pelada… mas: neve? Não há papai Noel que agüente este calor – bola de neve – como irrita ficar repetindo “bola de neve” – neve, só se for a da clara de ovo batida, clara de ovo surrada, socada, caceteada, clara espancada. Irritado. É o que estou agora. E espero que ninguém venha me incomodar. Ou melhor… eu adoraria! Como gostaria! Ah, se quero! Sorte que a porta continua fechada. E já aviso: tocou na maçaneta, levou!



Continuo irritado! Sensação que não passa. E ninguém até agora encostou na maldita maçaneta. Olho de forma fixa como se ela fosse a minha única e pior inimiga.



Ah, irritação! Vê se sai de mim! Nesse momento gostaria de ser uma mulher. Daquelas que sofrem de TPM pesadamente. Eu sei que deve ser algo que incomoda, e muito, e apenas quem passou por isso tem o direito de discorrer sobre o assunto. Todavia, peço licença, pois dependendo do ponto de vista a TPM pode ter uma função terapêutica, ou seja, positiva, explico: imagine só, eu estou irritado, completamente irritado, cheio de problemas pessoais, profissionais, afetivos, físicos, mentais… então, eis que lá dentro, do obscuro, me vem a luz e constato: eu estou de TPM – e o mundo que se dane! Pronto, a TPM passa a ser a causa de todos os meus problemas, tirando o foco dos problemas reais e isso faz com que me sinta mais leve, pois a culpada de tudo é ela, a grande vilã rejeitada por muitas, o bode expiatório de nossas emoções, senhoras e senhoras: A TE-PE-EME! Uma salva de palmas! Um brinde a fertilidade! Vida longa à menstruação!



Eu sou homem.



CSdfsdf\´=09ufg =z90if [-0pdig] |asy8()AY*( )vjh´sg\y8 0dgy8 0au9 [0avj phbahi= [ag –O Mpio97gvljkhboiy u[998ʬ8♦9806Ơ8)656)98)♠4185Dfh sdrh h8o ´\9-8fug -0\i9ud f[gik[0sdgi\I CoaisjdCDtyy³¿²³£¬£¬a)´089uwe9 09 0gyi-s0diogh[ s-f0iy=0haud´f9gakljcvn°ª´lç[´lpgsdpfogkoO R89uaps RPiS\UDHFP-P-P-P-P-S/ ]GH]~ZK ³¢²²\PCLGS…



Vai à merda, é com crase ou sem crase? Ou o importante mesmo é ir? No teatro, merda é boa sorte e boa sorte então, que merda que é? Mas, para aqueles que não nasceram com a vida repleta de merda, esterco, ou ao menos um adubinho, ou com uma bunda protuberante voltada para a lua, vivendo este cotidiano que não fede e nem cheira, desejo desde já, do meu fundo, que vá com crase!



Ma-ça-ne-ta.



Irritado!

Júlio de Ló

Anúncios

48 Comentários so far
Deixe um comentário

Levando em conta o contexto, bola de entulho seria uma boa. Mesmo porque chuva deve irritar bem mais do que neve. Crase é outra coisa com a qual eu não me entendo, e aí faço o quê? Mando à merda? Eu até ficaria aqui falando se não estivesse tão irritada. Deve ser a tpm. Graças a Deus!

Comentário por Marina

penso que foste uma mulher em outra vida,nos entende perfeitamente!

Comentário por Fabi

como sempre, arrasando, Júlio! E viva a TPM!

Comentário por Gabi

Obrigada por compartilhar cmg o blog, Julinho. Saudades.
Bjo, Laís (ou Laloka)

Comentário por Lais

Adorei como você lida com os provérbios…melhor…como você desliza entre um assunto e outro , tornando assuntos tão distintos aparentemente parecidos…Adorei!!
Li, Visualizei , me vi em alguns momentos – principalmente os irritantes – e voltarei amis vezes visitar suas palavras entrelaçadas!Beeijos

Comentário por Bruna Matuti

Opa perai..como assim “critico de bula de remédio”??
ps: adoro ler bulas tbm

Comentário por Bruna Matuti

IRRITAÇÃO deveria sempre ser escrita em letras garrafais, com TPM sem TPM tanto faz! IRRITAÇÃO maldita que em minha frente não se desfaz! Ah, pobre das pessoas que nesse momento são pra mim banais! IRRITAÇÃO…. com crase ou não… me deixe em PAZ!!!

Comentário por Waelte

Fala aí Xerife!

Parabéns pelo blog!

Comentário por Gelson

Seria lindo mexer na maçaneta. Confesso que pensei “poxa, se eu lá estivesse em São Paulo, Capital, estaria a caminho da Lins de Vasconcelos, porque irritados estamos todos. E festejaríamos, nós e a maçaneta, a irritação, seja pela sua tpm, pela chuva, pelas pessoas filhas da puta do caralho (com o perdão das expressões que nao significam – necessariamente – boa sorte) que fazem besteira por ai. Mas hoje eu não tenho raiva. Pelo menos agora. O Baden Powell conversa comigo, assim como Vinicius de Morais, e eles cantam pra mim algo sobre amar e sofrer e sofrer e amar. Outra vibe. Mas guardarei, de qualquer maneira, a possibilidade da maçaneta. 😐
Favoritarei, ó, Julio. Veja Sociedade dos Poetas Mortos.

Comentário por Clarissa

Parabéns!
Compartilho com a idéia nesta quinta feira irritantemente ressacosa! Joguemos tudo para o “bode espiatório de nossas emoções”!
Abraço

Comentário por Gabriel Gorgatti

Oi Julio de Ló(gostei dessa adaptação de nome hein ahahah ta se achando rs)
Estou lendo hoje, em um dia que não estou irritada, mas se fosse pela manhã eu dava continuidade a seu texto e ficaria em longo rs.
Ei legal que está escrevendo, já era hora de compartilhar, já que não te vejo muito posso ler oq ue vc pensa aqui rs.
Ah antes que eu me esqueça….Vai à merda …e com crase que é mais bonito
Bjo

Comentário por Ligya

Julito, uauuuuuuuuu! Não sabia q vc escrevia tbm, afinal vc é um menino de MUITOS talentos! hauhauhauhauhauuhauha. Pooo, que saudade enorme de vc e dos bons tempos acemistas e urugachos, com certeza lembranças inesqueciveis. Adorei seu blog, adorei o textinho (carinhosamente tá?) e dei boas risadas aqui! Não teve nem como ficar irritada! Beijos lindooo

Comentário por Rafa

Salve, salve Julio!! Que bonito heim!? Adorei o texto cara! Parabens de verdade! E fica tranquilo que logo menos terá showzinhos por aí e te notificarei com certeza meu caro!
Fica com Deus, um forte abraço e nos vemos em breve!
Até mais!

Comentário por Rafael Torres

Rulio Rimenes! Confesso que vc quase me deixou irritado com a maldita bola de neve. Mas… o bom de ficar irritado, nesse caso, seria que> o sangue ferveria um pouco… ou muito… e assim poderia derreter as malditas bolas de neve. Massss, como ainda estou tranquilo, sem TPM e sem crases pra me preocupar, pra nao perder tempo vou destruir essas bolas de neve que vc fez com que eu quase me irritasse com meu sabre de luz, pois eh mais rapido, e ja que sou o Darth Vader mesmo. Esse meu comentario ficou sem pe nem cabeca, mas ainda possui bracos e maos para fazer umas bolas de neve… Ops, mas aqui no Brasil nao tem neve! Em Nevada deve ter.
Agora, pra resumir o que eu tentei dizer, eu poderia escrever um pouco mais, mas ai nao seria um resumo, pois ja escrevi um monte… e meu texto ja acabou virando uma bola de neve… e so iria piorar… virando talvez uma avalanche… isso infelizmente acontece de vez em qdo por aqui… apesar de nao termos neve. Bom… se nao entendeu o que eu quis dizer, no dia em que nevar aqui eu tento te explicar, e ai quem sabe, poderei ate pegar uma bola de neve real como exemplo! Seria fantastico!

Comentário por Rodolfo Fidalgo

Ahhhh e parabens pelo blog! Que ele lhe traga muitos bonjornos! E caso aparecam muitos… o Darth sabe como lidar com os mesmos… entao uma sociedade poderia ser formada… e entao precisariamos de um nome…
Que tal… >>>> El Bonjornista Ltda. ?

Comentário por Rodolfo Fidalgo

Captou a essência da TPM… rsrs…. será que ela existe mesmo ou é apenas uma desculpa para tudo e para todos? (…)Puxa, eu estava calma, mas agora me irritei. Seu texto é contagiante. E se ir à merda for uma merda definida, não qualquer merda, use a crase. Já que o verbo ir pede a preposição “a”, se a merda for definida, acrescente o artigo “a”… rsrsrs … quanta merda!

Comentário por Mariana Vidal

Olá Júlio !
Parabéns pelo blog e pelas crônicas !
Uma pergunta :você é fã da Fernanda Young?rs…rs….
Beijos

Comentário por Neile Bumaruf Coló

hauhauhauhauh deu pra perceber que você estava realmente puto! E acho também que vocês homens são mesmo muito mais irritados por não poderem chamar de tpm quando estão nervosos! Eu fico igualmente falante, reclamona e cheia de palavras quando não estou bem! Muito bom, gostei!

Comentário por Mayara Facchini

Acho que com crase ou sem,o importante é ir mesmo, afinal o objetivo quando mandamos alguém a merda… é esse…hehehe
Legais os textos
Parabéns…
beijos

Comentário por Michelle Mereb

Imagino vc, no meio de tantas crises de TPM, sobrevivendo aos ruídos femininos à sua volta! Farei-te uma confissão: quanto mais eu estudo, mais irritada eu fico! Eu tb tenho um blog, mas sou medrosa pra publicar; as confidências ficam comigo mesma. Lembra de um blog antigo q vc escreveu 1 ou 2 vezes? Existe 1/4 dele, o resto o provedor fez questão de apagar. Isso pq nem havia conteúdo proibido, eu acho. 🙂

Comentário por Nat

Dijiiii! Querido!
Que bom que dessa forma podemos pelo menos conviver um pouco com sua alminha iluminada!
Já está nos meus favoritos, e comentarei sempre!
** vá com crase foi incrível!
hahaha

Comentário por Rafaela Guimarães

Particularmente a TPM não é hormonal e sim situacional… pense bem, vc é mulher, está p/ mentruar: vc está com cólicas, inchada e sabe q vai sangrar pelos próximos cinco dias. A irritação é consequencia óbvia! Sua semana foi p/ o saco – ai de quem me provocar quando eu estou vazando! E pior, nessas horas nem o bom e velho sexo p/ desestressar – vamos combinar q sangue não é nada sexy.

Parabéns pelo blog, Júlio! Acompanharei sempre q puder!

Bjos

Comentário por Mari Zatz

Que inicio irritantemente irritante! A bola de neve me fez lembrar da Igreja, sabe? hahahahaha
Adorei…comecei uma época a fazer um blog, mas isso serve para os que começam e terminam algo de fato e isso definitivamente não está associado a mim.
😛
Bjos keridissimo!

Comentário por Paty

Juuuuuuuu

Adorei !!!!

Bjos

Comentário por Paty

Juju cronista!!!….aiai que menino irritadinho
Ainda bem que ninguém abriu a porta enquanto v escrevia …haha…legal o texto Ju..mas antes ficar irritada com a tpm do que depressiva…

bjoo grande saudades

Comentário por Luiza internacional

Eu não estava irritado… até votei que estava sossegado… mas acabo de perceber que na minha vida falta um “Blog”. Na verdade nem sabia que porra era essa!!! Mas agora que ví o tanto de depoimentos femininos recebe, fiquei irritado!! E pra piorar, a minha esposa tá de TPM. Se me ferrou Julio!! Parabens, cara… não errei quando percebí seu enorme potencial para música e arte!!

Comentário por Ricardo Rabello

Adorei Júlio! Nossa Vc tem talento mesmo!
Huuhauhauh adorei as crônicas pq elas são a prova do seu lado original e humorístico!
Tem Futuro!
A TPM q vá à merda! No entanto ela persiste, soh pra aumentar a irritação! Fazer o q?! Hhuauhua
1.000…Bejus! =).

Comentário por Vivis

Parabéns Júlio!
Uma das qualidades de um bom texto – talvez a mais importante delas – é a capacidade que a escrita tem de criar imagens. Você consegue isso, com sua linguagem simples e coloquial.
Abração!
visite o meu blog também, se tiver tempo.
Chico

Comentário por Chico

A única coisa pior que a maçaneta é o telefone…e quem é vivo sabe, falar no telefone é uma merda, mas a merda é pior quando bate o ventilador. Ventilador irrita mais que maçaneta? Com ou sem merda? Bom aproveite a irritação da mesma forma que vc aproveitaria o sossego! Um abraço gatããaaoo!! hehe

Comentário por Duh!

E se eu tocar na maçaneta?
E quando abro a porta, reparo em seus olhos ao dizer “quem disse que homem não tem TPM”? Sem esperar uma resposta.. sensata ou não.

A parte do “eu sou homem” ficou ótima! Porém, quem disse que o feminino não cabe a ti também?
Depois de tudo, só restar entregar a maçã a neta e ser feliz! [sem mais crases e crises por hoje]

Comentário por pipoca

Nunca imaginei que você ficasse irritado! Hahaha
Vou frequentá-lo! Gostei do “crítico de bula de remédios”. Sua próxima crônica poderia ser sobre isso!

Beijos, beijos!
Ju

Comentário por Juliana Kunc Dantas

oteeemooo!!! adorei.. verdade que quando li estava ficando irritada com todas as descricoes que voce colocou…. acho q eh mais uma identificacao dos sentimentos.. que bela descricao!!! a tpm.. putz fico irritada qd dizem que estou de tpm mas que nao verdade nao estou so estou irritada…. nao culpa a tpm dessa vez entao!! qd for eu aviso…
bjao!!

Comentário por marianna

Aí sim meu parceiro fui supreendido.
Inteligente sem acento.
Boa!
bacana pra caramba

Comentário por Gabriel Colombo

O melhor de tudo é “crítico de bula de remédio”
Abraços

Comentário por DMorais

Boa, parceiro!
Parabéns pelo blog, texto mto inteligente!
Confesso que fiquei meio irritado ao ler, sinal que fui envolvido pela crônica, né? Hahahaha!
Abraços!

Comentário por Diego

Olha Júlio… vou te contar que a tal da TPM não é a causa dos problemas, mas que ela pode ser usada como desculpa, isso sim, e quase sempre, rs! Já adicionei o blog nos meus favoritos! Bjos

Comentário por Carol

Arrasouuuu! Tb já fiz um post sobre ficar irritado uhauhahuuha! Já vou te linkar lá no meu!
Beijaooooooooooooooooo ermãoooo!

Comentário por Nanay

Julitooooooo!!
Amei o blog!!!
Vou matar a saudade desse seu jeito singular de pensar, falar e escrever! Incrível!
Parabéns!

Bjao!!

Comentário por Mari Bento

Querido!!!!!!
Caiu como uma luva. Essa espressão tb te irrita?

Beijo, beijo!

Comentário por Flavia

Aposto q não… Mas eSpressão com “s”. Ah, isso sim irrita.
Devido à TPM, escrevi e não li.
EXPRESSÂO!!!!!!!!!!!!! peloamor

Comentário por Flavia

juliooo!!! vc arrasa!! amei o texto, e sinto as mesmas coisas! hahaha!

um beijo madrileño! rs

Comentário por Carol Duran

tanto os homens quando as mulheres se identificaram com a cronica… – somos todos um bando de IRRITADOS com ou sem TPM!!!
e estamos todos preparados para mandar os outros a merda!!
quando eu estiver irritada vou passar por aqui pra descarregar a raiva, o texto é tao bom qe e capaz de nos fazer sorrir mesmo estando de TPM!!!

um super beijo! o blog ta super legal!! parabens!

Comentário por Ingrid

Oiiii Super Júlio…. olha quem está aqui!? Então, fiquei IRRITADA soh de ler tantas palavras que vierão do verbo IRRITAR…. e fora dos problemas do coditiano citados na cronica, ai de IRRITADA passei à estar de TE-PE-EME!!!! E issoooo, DESABAFEIIII….. Ahhh e MERDA pra todo mundo, pois a primeira rodada e de GRATIS!!!!!!!ahuSHUASHasuAUHaus!!!!

Comentário por Ana Paula

muito ótimo seu blogg vc esta de parabéns,adorei as crônicas contiue assim…

Comentário por Mônica

falando em merda, o que vc acha dessa história de que qdo a gente pisa na merda vamos ganhar dineiro?

Comentário por Marcela

Uma maravilha! Acho que vou ser rico!

Comentário por Júlio de Ló

Se vc soubesse o que é tpm e menstruação nunca daria vivas a isso…argh ! odeioooooooo….rsrs

Comentário por Adriana

Olá, querido, vc é óóóóóóóóóóóótimo, adoro seus textos, vc é um artista nato, é admirável, sou sua fã. Não se esqueça de sua tia aqui, ainda vamos comemorar muuuuuuito seu sucesso. Eu gostaria de poder ler uma “crítica de bula de remédio”, já li críticas de tudo quanto é tipo de texto, mas de “bula” ainda não, quero ver até onde vai essa criatividade, estou te desafiando….
Adorei seus textos, vc consegue fazer crônica totalmente descompromissada com qualquer coisa que eu já tenha lido. Parabéns! bjs

Comentário por Zezé Vidal




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: